Por que sua empresa precisa criar um site para sobreviver

Fique por dentro | escrito por Diego Fernandes

Não é nenhuma novidade que todo mundo usa a internet para buscar produtos e serviços. De acordo com algumas pesquisas, muita gente usa exclusivamente este meio para encontrar o que precisa.

Mais do que isso, hoje, com nossos smartphones, buscamos absolutamente qualquer coisa na grande rede: esclarecer uma dúvida no meio de uma conversa, buscar orientações, saber como fazer uma receita e por aí vai.

Mesmo sabendo dessa realidade – de que utilizamos a internet como nossa principal fonte de informação – ainda existem muitas empresas que não se atentaram à importância de ter um site para a sobrevivência do seu negócio. Talvez por acreditar que criação de site seja só para grandes empresas, ou por entender que seu negócio só funciona no mundo físico, entre diversos fatores.

A verdade é que até nos casos onde o serviço ou produto é realizado somente no estabelecimento, o website é fundamental para que um possível cliente tome conhecimento da empresa. Por exemplo: cafeterias, salões de beleza, estacionamentos. Deixar a empresa sem um website significa ficar de fora para quem está procurando por ela.

Criação de site profissional para sua empresa sobreviver

Tenho página no Facebook. Preciso criar um site?

Muita gente acredita que uma página de seu negócio no Facebook já resolve. De certa forma, a empresa está na internet, seus produtos são encontrados e o público pode entrar em contato.

No entanto, redes sociais são muito limitadas e não são o lugar mais propício para fazer negócios.

Outro ponto negativo: o Facebook vem perdendo cada vez mais usuários. Ou seja, a plataforma tem cada vez menos clientes em potencial.

As redes sociais costumam funcionar bem como canais de atendimento e relacionamento. Apostar todas as fichas nesse canal, ao invés de contar com a criação de um site – que vai gerar contatos e vendas de forma ativa, 24 horas por dia.

Se hoje você já vende bem nas redes sociais, imagine quando você tiver o apoio de um website 😉

Credibilidade. Requisito para consumir na internet.

Imagine-se na seguinte situação: você está planejando viajar com a família para o litoral. Pesquisa por diversas pousadas e encontra um anúncio interessante: preço baixo, fotos interessantes, mas não tem site com informações mais completas. Vai ficar difícil de fazer o pagamento da reserva. Não vai?

O mesmo acontece com um seu possível cliente quando você não tem um website da sua empresa: além de ficar difícil de entrar em contato, fica difícil de confiar – e consequentemente, mais difícil de vender.

Mas minha empresa é pequena

A internet e os softwares gratuitos de código-aberto facilitaram bastante o acesso a sistemas e sites com ferramentas mais sofisticadas. Hoje, qualquer microempresa e empreendedores individuais conseguem criar um website simples por conta própria, ou até mesmo um site profissional com recursos considerados avançados por preços bem mais acessíveis.

A Xadrez, por exemplo, usa o software WordPress. Um dos gerenciadores de conteúdo mais usados no mundo, de código-aberto e gratuito. Possibilita que pequenas e micro empresas tenham websites profissionais, de alta performance por preços justos e condições facilitadas.

Preciso mesmo de um website?

Ainda não está convencido de que sua empresa precisa criar um site para sobreviver? Ficar sem website deixa seu negócio com uma série de desvantagens:

Crescimento das vendas

O resultado da criação de website profissional consequentemente vai gerar aumento no volume de negócios e vendas que serão realizadas pela sua empresa. Com a democratização da tecnologia, não há motivos para deixar sua empresa sem um website.

Vamos começar a fazer sua empresa crescer? Invista em um site profissional. A Xadrez pode te ajudar nisso. Converse com a gente 😉


Diego Fernandes

Diego Fernandes é fundador da Agência Xadrez e atua como diretor de negócios.
É um grande entusiasta da plataforma WordPress e adora falar sobre vendas, produtividade e empreendedorismo.

Artigos do autor

Tags: ,

Deixe seu comentário